Busca por Assunto

Gravidez na sexualidade

"O ser humano é fruto do processo evolutivo. Qualidades ímpares foram proporcionadas à espécie humana através da evolução: pensar e apropriar-se da própria existência. Pensando, o homem produz cultura e apropriando-se da própria existência ele a transforma". (Paulo Geraldo Tessarioli, 2003)

A escolha pelo título deste capítulo "Gravidez na Sexualidade", deve-se ao fato de considerarmos a gravidez um estado que ocorre durante o exercício da sexualidade humana, e não o contrário como comumente encontrado na literatura sobre o assunto. Com base neste entendimento, deixamos clara a condição que somos todos seres sexuados, que sentimos desejos independentemente da condição ou estado em que nos encontramos, e isto ocorre desde o momento do nascimento até a morte.

Para que se compreenda a relação entre gravidez e sexualidade, é necessário ter clareza da complexidade em que estes temas estão inseridos, reconhecendo, principalmente, a existência da dimensão histórica e social. Conceituar o termo sexualidade não é tarefa fácil, pois a maioria das pessoas visualiza apenas uma parte deste tema, a relação sexual geralmente focada na genitália feminina e masculina, o que reduz seu entendimento somente a este significado. Quando nos referimos à sexualidade, estamos apresentando uma noção do que é ser mulher ou ser homem, feminino ou masculino, estamos falando da relação entre afeto, sentimento e sexo, do ato de dar e receber prazer, da moral que legitima costumes e reprime comportamentos, das crenças, mitos e tabus (re-)transmitidos pela cultura de nossos antepassados.

Assim, é através do exercício da sexualidade que a gravidez se torna possível. A espécie humana, graças ao processo evolutivo, tem a gravidez como um "estado desejável", que pode ser programado ou não, condição que nos distancia dos outros animais. Aparentemente breve, os nove meses de gestação constituem, na verdade, um fato gerador de importantes mudanças, tanto do ponto de vista social quanto do psicológico. Considerando a gravidez parte de uma relação conjugal, existem diversos ângulos para análise, que será feita na perspectiva do que provavelmente estão presentes no homem e na mulher, sempre enfocando a sexualidade de ambos.

Grávida Feliz Grávida Feliz