Busca por Assunto

Gravidez na sexualidade

Considerações finais

Gerar uma vida, dar à luz um novo ser, toda a grandiosidade da maternidade e também da paternidade merecem o nosso respeito, por se tratarem de aspectos importantes no ciclo vital das pessoas. Porém, nunca se pode perder de vista o papel de mulher e o de homem, papéis estes vitais na construção do mundo em que vivemos, representantes da sexualidade, a qual legitima a feminilidade e a masculinidade, tornando viável a gravidez.

A sexualidade é um exercício que não está atrelado à relação sexual. Desde o momento que as pessoas nascem para o mundo, elas estão exercitando nossa sexualidade e, desta forma, devemos compreender que ela passa por fases, e que todas são importantes para o desenvolvimento do ser humano. Portanto, a gravidez na sexualidade deve ser vivida em sua plenitude. Não existe uma fase melhor que a outra.

Os profissionais da área da saúde devem estar atentos ao momento das consultas do pré-natal, pois os mitos do sexo vaginal durante a gravidez e todos os aspectos físicos e emocionais do período gestacional contribuem, geralmente, para a quebra do vínculo afetivo do casal, fato que pode perfeitamente ser evitado através de orientações e acompanhamento, em prol do bebê que está por vir e das pessoas que o geraram.

Grávida Feliz Grávida Feliz