Busca por Assunto

Cuidados maternos após o nascimento do bebê

Retorno da menstruação e da ovulação

A mãe que amamenta o filho forma com ele um vínculo tão forte que, só de vê-lo, sente o leite descer e até vazar de seus seios. Isso pode acontecer desde a primeira mamada.

O contato físico é de extrema importância quando mãe e filho se adaptam à nova situação. O bebê sabe onde encontrar seu alimento, mas tem que se ajeitar com o bico, com a maneira lenta ou rápida com que o leite flui, com o modo como a mãe o segura. A mãe, instintivamente, sabe como alimentá-lo, como lhe dar carinho e amor.

Retorno da menstruação e da ovulaçãoA hora do aleitamento é um momento íntimo em que as emoções da mãe passam para seu filho e vice-versa. A mãe tensa ou nervosa poderá encontrar alguma dificuldade no início, ao passo que a mulher descontraída sente um raro prazer em amamentar seu bebê, ficando tranqüila e realizada quando ele suga de modo consistente.

Retorno da menstruação e da ovulaçãoEmocionalmente, mãe e filho têm extrema necessidade do contato físico proporcionado pela hora da mamada. Todo bebê tem a boca muito sensível, e goza a proximidade do bico do seio, de onde retira seu alimento. A mãe com as mamas repletas sente alívio e satisfação quando seu filho as esvazia. É nesse sentido de paz que ela sente o amor de seu bebê. Mesmo bastante novinho, ele demonstra, com sua avidez e satisfação, quanto a mãe lhe é necessária. À medida que o filho cresce, esse amor ainda se torna mais evidente, porque, ao mamar, o bebê coloca a mãozinha no seio da mãe e a olha com ternura.

É na hora de mamar que a criança sente o calor da mãe, sua pulsação, a proximidade querida que lhe dá segurança e tranqüilidade. Quando mãe e filho formam uma boa dupla de amamentação, essa experiência é valiosíssima, pois confere, à mãe, maturidade emocional. Ela se dá inteiramente ao filho, segue um ritmo, compreende suas necessidades.

Retorno da menstruação e da ovulaçãoA partir daí, a mulher se torna espontânea, e o aleitamento passa a ser um ato tão natural que ela pode, inclusive, ler, comer ou conver sa r no telefone enquanto amamenta. É o momento em que mulher e filho formam um só todo, e o bebê sente a continuação da proteção e do calor que gozava no útero materno. A amamentação é uma atividade que deixa a mulher ainda mais feminina e, sendo mais mulher, seu relacionamento com o marido e os outros filhos se torna ainda melhor.

Dicas para uma boa amamentação

Retorno da menstruação e da ovulação

Dificuldades da amamentação

Algumas vezes pode-se deparar com algumas dificuldades:

Bico dolorido - o que fazer:

Seio "empedrado"

O leite se acumula formando "caroços" duros e dolorosos. O que fazer:

Mastite (inflamação do seio)

O seio fica vermelho, dolorido e a mãe sente-se doente, com dores no corpo , febre e calafrios. O que fazer:

"Doutor, o leite está secando"

Grávida Feliz Grávida Feliz